sábado, julho 28, 2007

TELEVISÃO | Talento em doses industriais

Luísa Barbosa foi ontem apresentada, na Praia da Rocha (Allgarve), como o novo rosto da MTV Portugal. É lisboeta, tem 25 anos e formou-se em Direito. A jovem Luísa convenceu o júri porque reunia os mesmos atributos que caracterizam a MTV: irreverência, criatividade e energia. E convenhamos que isso salta claramente à vista. A Doca não quis ficar atrás e fez um casting para recrutar uma repórter cheia de talento. Quem quiser apreciar esta profissional em pleno exercício de funções aconselha-se um passeio pela zona de Benfica. A repórter da Doca terá a difícil missão de convencer (de vez) o Nuno Markl a conceder-nos a tão desejada entrevista.

CINEMA | The Simpsons Movie

Fotomontagem DOCA
Cortesia Joana Afonso (caricatura)

quinta-feira, julho 26, 2007

E AGORA ALGO COMPLETAMENTE DIFERENTE

Quando (e porquê) é que decidiste fazer um blog dedicado ao Herman?
Faço desde há muito coisas sobre e para ele. Comecei por simples álbuns. E à medida que o fui conhecendo melhor - e criando uma amizade com ele - achei que fazia imensa falta algo na internet. E, em Abril deste ano, deitei mãos à obra. Falei com o Herman e ele achou que eu era a pessoa indicada para o fazer. Ele colabora comigo no blog - em tudo o que pode e lhe peço.

Como é que surgiram os primeiros contactos com o Herman?
Os meus contactos com o Herman vêm muito antes do blog. Aliás, só decidi fazer o blog pela amizade que tenho com ele. Sempre fui muito fã e meti na cabeça que ia ser sua amiga (risos). Batalhei por isso. E consegui! O primeiro contacto que tive com ele foi no «Herman99». Depois, voltámos a encontrar-nos no «HermanSic».

E quais foram as reacções?
Fui eu que o procurei. Ele achou imensa piada que uma miúda com 12 anos gostasse tanto dele. Naquela altura, o mais normal era adorar os Excesso (risos)! Foi emocionante estar e falar com ele nos primeiros encontros. Eu ficava "muito narvosa". Estar com o Herman é de dar um "naravoso miudinho"! Não sabia o que dizer. Mas ele sempre foi de uma amabilidade, carinho e atenção para comigo que nunca esquecerei. Depois, foi-se tornando mais normal estar com ele e a nossa relação e amizade solidificaram-se com o passar do tempo.

Mantêm um contacto permanente?
Sim, mantemos um contacto permanente - quer pessoalmente, via SMS ou MSN. E quase todos os dias.

Do que é que costumam falar? Sentes que há uma parte do Herman que permanece intocável ou ele é completamente imprevisível?
Falamos de tudo. As conversas são mesmo como as cerejas. Com ele, então, aplica-se na perfeição. Falar com ele é viciante, nem se dá pelo tempo passar . Resmas de conversas (risos)!

Há quem afirme que o Herman entrou numa nova fase, a partir do momento em que foi "bombardeado" com críticas negativas ao «Hora H». Exemplo disso é o contacto dele com o público no final dos espectáculos ao vivo. Também sentes que há da parte dele uma abertura diferente?
Não tem nada a ver com as críticas negativas ao «Hora H». O Herman não muda de atitude por aquilo que dizem os críticos. Eles não têm essa importância. Mas, sim: mudou nesse aspecto. A idade deu-lhe sabedoria. E desde há bastante tempo que dá todo o carinho e atenção aos fãs .

Sentes-te uma privilegiada?
Sim, sinto. É uma honra e um orgulho privar na intimidade com o Herman. Mas, modéstia à parte, acho que mereço. Lutei por isso (risos)!


Criaste o blog, manténs um contacto regular com o Herman... E daqui para a frente, como vai ser? Que projectos tens em mente?
Sou uma estudante normal. Não pretendo fazer carreira nem aproveitar a minha amizade com o Herman para algo. Longe disso! O blog é somente uma brincadeira que faço pelo Herman. A partir do momento em que ele deixe de achar piada - ou que deixe de fazer sentido - acabo com o projecto .

O que achas da equipa de guionistas do «Hora H»?
Sou suspeita... Se trabalham para o Herman, é porque têm realmente valor. Acho que são uns verdadeiros profissionais que amam o projecto e merecem ser reconhecidos pelo seu fantástico talento e trabalho.

Vamos ao Nuno Markl: aprecias o estilo dele? O que mais te cativa no tipo de humor que ele faz (tanto em rádio como na TV)?
Adoro o Markl. Acho-lhe imensa piada. É inovador, tem um estilo muito próprio - que admiro imenso-, tanto na rádio como na TV. E deliro com os desenhos dele!
_______________________________
BILHETE DE IDENTIDADE
Nome: Joana Gonçalves
Idade: 19 anos
Naturalidade: Lisboa
Residência: Cartaxo
Máxima: "Carpe Diem!"

terça-feira, julho 24, 2007

ENTREVISTA | Está mesmo, mesmo, mesmo quase

NA FOTO: Nuno Markl fazendo um esforço
tremendo para responder de forma educada às
questões complicadas colocadas pela equipa da Doca


Vamos acreditar! Ainda é possível. A esperança ainda vive (boa pessoa, a D. Esperança, que vive ali no 6º direito). Nuno Markl confirmou há poucos dias (via chat) que está a investir seriamente na feitura das respostas às questões colocadas pela Doca. Estamos optimistas. Cremos firmemente que a publicação da entrevista está para muito breve. Além disso, só ainda passaram 15 dias...

EXCLUSIVO | No trilho do Toy

Hervé Villechaize, o mítico actor anão que protagonizou «A Ilha da Fantasia» (já lá vão quase 30 anos) não existe nem nunca existiu. O nome verdadeiro do homem é António Ferrão (Toy), é português e, hoje, é um cantor de sucesso. Não é de estranhar, por isso, que Nuno Markl tenha recorrido a toda uma gama completa de actores (Joana Capucho, Catarina Limão, Inês Mendes Silva, António Ferrão...) para integrarem o elenco do 4º webisódio do «Há Vida em Markl». Portanto, assim não vale. Isso está a ficar demasiado profissional, Sr. Markl. Faça favor de tornar esses webisódios mais caseirinhos (o que não significa que tenha de voltar a fazer filmagens na sua casa de banho e outras coisas do género...).

segunda-feira, julho 23, 2007

SEARCHING | O futuro é aqui e agora (II)


quinta-feira, julho 19, 2007

SEARCHING | O futuro é aqui e agora

quarta-feira, julho 18, 2007

ESCLARECIMENTO | Entrevista a Nuno Markl

Vários leitores da DOCA têm-se insurgido contra o facto de (ainda) não termos publicado a prometida entrevista com o Nuno Markl. O staff aqui da chafarica foi, inclusivé, ameaçado por uma senhora de 67 anos, que frequenta assiduamente o Supermercado Santa Cruz de Benfica. Para evitar este género de situações, informamos que a dita entrevista com o Nuno Markl está a ser devidamente elaborada. Temos feito alguma pressão junto do próprio para acelerar o processo, mas - e como muito bem compreendemos - o homem que mordeu o cão está atolado em trabalho. Por isso, vamos aguardar pacientemente. Certamente que o resultado final valerá toda esta demora.


NA FOTO: leitores da DOCA, originários da China, à espera da publicação da entrevista com o Nuno Markl. Yu Lang Tsun (o tipo de camisola preta, à direita), chegou mesmo a enviar o seguinte mail: "我想 阅读我 想阅读我 想阅 读 Nuno Markl".

segunda-feira, julho 16, 2007

EM BREVE | Nuno Markl em discurso directo

O aventura pelo mundo das rádios piratas, os primeiros programas de autor, as pessoas que testemunharam o seu profissionalismo. Eis algumas impressões que Nuno Markl vai partilhar com os leitores da Doca. Apesar dos múltiplos afazares, Markl aceitou gentilmente o convite para uma entrevista meio a sério, meio a brincar... Dentro de poucos dias, o resultado pode ser apreciado por toda a comunidade markliana.

sábado, julho 14, 2007

APOCALIPSE | Isto sim, seria o arrebatamento final

Se o anúncio do fim do mundo nos chegasse sob a forma de imagem (em formato JPEG, caído do céu, remetido pelo anjo Photoshop), certamente que seria algo do género da figura que se apresenta acima. Porque, definitivamente, Markl não rima com Leite. E convenhamos que o humor dos dois não é compatível (adenda: a Doca dá uma recompensa a quem provar que "aquilo" que o Guilherme faz também é humor).
Claro que seria um prestígio para o Leite trabalhar com o Markl (caso este último não decidisse, de imediato, comprar o bilhete de ida para o Brasil). Já se adivinha o tipo de 'sketch' escrito pelo homem que idealizou as «Cenas de um Casamento»:

CENÁRIO
Quarto de um casal. Mulher está sentada na cama a ler. O marido entra meio bêbado (cena inédita em TV idealizada por mim, Guilherme Leite). A mulher revira o olhos. O marido tenta tirar as calças e cai (mais um inédito da autoria aqui do Leite).

ELA
Homem, outras vez bêbado? Mas agora é todos os dias?!

ELE
Hic!
(Soluçando. Fica bem. E é inédito)

ELA
Devias ter mais cuidado. O alcóol ainda é capaz de te aleijar o fígado. Andas nesse estado todos os dias. Já vai para 27 anos, homem!

ELE
Hic!

ELA
Envelheces-me, homem. Repara só para a minha figura: não passo de uma feia, gorda e mal feitinha.

(Pausa. Mulher olha para o homem na esperança de que ele possa enchê-la de elogios e piropos. Rosto do marido permanece insensível)

ELA
Não dizes nada?! Será que não tens nada de positivo a apontar acerca da minha pessoa?!

(«Minha pessoa». Bela expressão. Inédita. Enfim. Mais uma a somar às muitas da autoria aqui do grande Leite).

ELE
Algo positivo?! Sobre ti??! Hic! Claro que tenho, mulher... Por exemplo: tens uma visão muito boa, minha querida!...


sexta-feira, julho 13, 2007

BEE | A abelha mais markliana desde sempre

Steven Spielberg já reconheceu publicamente que é uma honra ter a voz de Nuno Markl na versão portuguesa de «Bee Movie». Por sua vez, Markl comentou: «hurrah!». Spielberg, contudo, admite que o «Bee Movie não merecia tamanha consideração». Markl responde que «claro que merece, senão nem me vias aqui». «Mas o que é preciso fazer para te convencer do contrário?», perguntou Steven Spielberg. O humorista português afirmou: «bastam 500 euritos». A transacção foi feita na hora.

____________________________________________________

TESTEMUNHA OCULAR
Num sítio público frequentado por muita (mas mesmo muita) gente, no meio de Lisboa, um homem proveniente da Ucrânica passa de mão dada com o filho de 5 anos. Comentário do pai: «isto está cheio de estrangeiros, meu filho». O cidadão tem razão. Como é possível que, em pleno século XXI, ainda existam portugueses em... Portugal?

quinta-feira, julho 12, 2007

LISBOA | «Movimento Markl a presidente»

Como mandatária do candidato Markl às eleições de Lisboa, a Doca está empenhada em convencer os lisboetas da importância de ter o humorista à frente dos destinos da autarquia. Porque sabemos que...

do Costa ninguém gosta;
que o Negrão não é solução;
que o Zé bate muito o pé;
e que o Telmo Correia só tem verborreia...

...apresentamos, já de seguida, o manifesto eleitoral do candidato Markl:

1. TRANSPORTES
A construção do novo aeroporto é uma questão sensível ao candidato Markl. Simplesmente porque sim. Por isso, o «Movimento Markl a presidente» sugere que a nova infraestrutura seja construída no Santuário de Fátima. A ideia é aproveitar a novíssima Sé para embarques e desembarques. Pelas contas de um fiel (que mediu a dimensão de todo o largo de joelhos), há espaço suficiente para aterrar ali 4 ou 5 máquinas da Boeing ao mesmo tempo.

2. HABITAÇÃO
O «Movimento Markl a presidente» considera que há prédios a mais em Lisboa. Mas precisamos de atrair mais gente jovem. Portanto, não há outra alternativa senão continuar a construir desenfreadamente. Estamos a ver se há quem nos financie um estudo que avalie a possibilidade de se construirem casas em cimas das árvores.

3. ESTACIONAMENTO
Abolição de parquímetros; devolução de todo o dinheiro aos cidadãos que pagaram multas até hoje (inclui quantias utilizadas como suborno aos tipos da EMEL); possibilidade de estacionar nos passeios, passadeiras e espaços verdes; concepção de um concurso nacional de apedrejamento aos «verdinhos». Este é o nosso compromisso pertante os lisboetas para a área do estacionamento.

4. CIDADANIA
Alargamento do feriado dos santos populares a todos os dias do ano.

5. DESPORTO
Construção de 8 estádios olímpicos na cidade de Lisboa para a prática anual de modalidades altamente competitivas (lançamento do «verdinho»; tiro ao alvo ao «verdinho»); 100 metros barreiras por cima dos «verdinhos»; e, essencialmente, luta na lama com «verdinhas»).

quarta-feira, julho 11, 2007

INÉDITO | Doca revela o livro sagrado escondido

A Doca está em condições se assegurar que o livro «Há Vida em Markl: Opus 2» já tem um sucessor. Dá pelo nome de «A Descodificação do Código Da Vinci Descodificado» e é, desde sempre, a obra mais canídea do humorista.
Nas 568 páginas (metade das quais com as novidades anunciadas no último catálogo da IKEA), Nuno Markl aborda questões como a invasão marciana ao Planeta Terra. Em «A Descodificação do Código Da Vinci Descodificado», é relatada a história de seres extra-planetários que decidem conquistar Portugal através da voz. A tragédia assume contornos impressionantes quando o mundo descobre que uma das vozes sofre do síndroma «sopinha de massa». Aguentará o povo a desilusão?
Nota final: o livro ainda não saiu para os escaparates. Mas, ainda assim, já vai na 5ª edição (com 50 mil exemplares vendidos).

terça-feira, julho 10, 2007

NOTA DO EDITOR | Declaração de intenções

Estatuto

1. A Doca é um blog humorístico. Não somos lá grande coisa a fazer humor, mas é o que se pode arranjar. Se tivéssemos piada, com certeza que não estávamos a escrever num blog. Estaríamos, quiçá, a escrever piadas para o Herman. Ou para o Carlos Castro (na sua brilhante coluna de humor de costumes, publicada todas as semanas, na TV Mais).

2. Somos movidos pela admiração ao trabalho do Nuno Markl. Esse, sim: tem piada. Não é por acaso que ele escreve para o Herman. Nem é à toa que ele não tem um blog. Tem, como se sabe, um site a sério (e com piada). No fundo, gostávamos de ser como o Markl. Vivemos diariamente nessa ilusão e temos montes de «tapes» com gravações do Markl na radio e na TV. Todos os dias, fazemos 'media training' a nós próprios. E também já deixámos crescer uns pêlos na barba.

3. Ao contrário do que muita gente possa pensar (pelo menos, os 50 fregueses que nos visitam todos os dias - é a nossa 'imensa minoria'), não somos anti-Markl. A nossa missão é promover a cultura markliana, disseminando os princípios dessa causa pelos quatro cantos do mundo (incluíndo a Coreia do Norte e o Santuário de Fátima).

4. O céu é o nosso limite. Tentamos imitar o nosso mestre (o Markl é também o nosso guia espiritual) ao máximo. Exemplo: ainda esta semana, comprámos uma mobília de jardim no IKEA. Não temos jardim no nosso T1 de Chelas, mas estamos convencidos que conseguiremos herdar o andar de cima da velha de 71 anos que vive com um cão. O animal é parecidíssimo com o Sharik. O próximo passo é raptá-lo.

CHAT | Bla, bla, bla...

'Conversetas'

Há alguns dias que o «Há Vida em Markl» disponibiliza uma nova forma de ferramenta: um chat! É a loucura, Senhor, é a loucura. Diz que é uma espécie de arrebatamento virtual. A Doca experimentou o serviço. Primeira constatação: não conseguimos acompanhar a velocidade estonteante de alguns fregueses que se atropelam sistematicamente nos 'diálogos'. E as conversas cruzadas?! Tantas, Senhor, tantas!

Segunda constatação: há um tal de Soprano que não pode ser deste mundo. O homem está a toda a hora no chat. Desconfiamos que não come nem dorme. Aquilo é um ser sobrenatural, alimentado a cápsulas de cafeína misturada com Prozac. O Soprano respira Nuno Markl por todos os lados. O Soprano - caso frequente a igreja, aos domingos - é gajo para levar o livro «Há Vida em Markl: Opus 2» (em vez da Bíblia). Quando este tipo não estiver online, é sinal de que o mundo acabou (quiçá fruto de um arrebatamento qualquer relacionado com essa coisa das alterações climáticas).

segunda-feira, julho 09, 2007

PRODUÇÃO MARKLIANA | O próximo webisódio

«Uma Verdade Inconveniente Como o Caraças, Pá». Este será o título do próximo webisódio de Nuno Markl, inspirado no filme (quase, quase, mesmo quase homónimo) de Al Gore. A Doca sabe que a obra está a ser integralmente filmada por telemóvel. Chelas, Martim Moniz e Quinta da Marinha são alguns dos locais que servem de cenário à grande produção markliana.
A ideia surgiu depois de Nuno Markl ter estado nos estúdios da RTP, a comentar o evento Live Earth. O humorista ficou de tal maneira sensibilizado com a causa ambiental que decidiu produzir um filme sobre o desaparecimento das espécies (como as que estão representadas na foto abaixo). Markl está também a preparar um espectáculo de 1 hora, com o qual vai percorrer as festas de Verão por todo o país. A primeira parte dos espectáculos (muito curtinha) será feita por um tal de Al Gore.

sexta-feira, julho 06, 2007

RETRATO | Perfil dos seguidores da cultura markliana


Vamos lá a fazer o esforço físico... é favor

pegar no ratinho e clicar em cima desta

imagem potente e cheia de glamour.

quinta-feira, julho 05, 2007

ELECTRICIDADE | Aviso da EDP

Informamos os prezados clientes ali para os lados da zona de Benfica que iremos proceder ao corte do fornecimento da energia eléctrica sempre que nos der na telha.
Aconselhamos vivamente os senhores consumidores que tenham a amabilidade de salvar qualquer documento ou ficheiro elaborado por computador. Daremos especial atenção a todo o tipo de tentativas para colocar online, por exemplo, webisódios (sobretudo se for o terceiro).
Faremos todos os possíveis para lixar o processo. E não se esqueça, faz favor, de pagar a facturazinha que aparece no final do mês. Obrigado.

O presidente
A. Mexia

terça-feira, julho 03, 2007

HORROR | Será Nuno Markl a reencarnação de Victor Frankenstein?!...

Movido pela beleza do boneco animado, Markl meteu mãos à obra e criou a versão real da Stitch. O próprio desenho animado resultou, aliás, de uma experiência científica (a 626ª). O DVD lançado pela Disney comprova-o em nota de rodapé. Compreende-se agora porque motivo Markl andou a anunciar aos sete ventos a tal ninhada de canídeos para oferta. São restos da experiência, está claro. Mas alguém está interessado num desses rafeiros sem vísceras e completamente artilhados??!