sexta-feira, junho 29, 2007

VÍCIOS | Tobleron em tamanho «XL»

A Doca desmente já o boato: não enviámos qualquer encomenda para Nuno Markl nos últimos dois meses (tirando um pequeno CD com sonoridades bíblicas, mas, por enquanto, não queremos que a autoria de tal artimanha - ou marketing viral, como queiram - seja tornada pública). Portanto, não faz qualquer sentido a acusação de que remetemos pela DHL o Tobleron gigante para o homem que faz magia com a boca, todas a manhãs, na Antena 3 (a dizer piadas). O nosso ódio visceral não vai assim tão longe. Já agora: não compreendemos porque é que alguns fregueses continuam a dizer que a Doca odeia o Nuno Markl. Lê-se isso em alguns fóruns (e até em alguns afamados chats de outros artistas da radio e TV). Mas nada mais falso. A picardia (se é que podemos chamar-lhe isso) para com o Markl é saudável. E nutrimos por ele (e atenção que isto é mesmo verdade) uma admiração que extravassa qualquer ódiozinho. Admiramos o seu trabalho. Ponto final.

Avante: ainda assim - e dado que Markl pergunta «e agora? O que é que eu faço à minha vida?» -, arriscamo-nos a lançar um desafio. Nuno: teremos todo o gosto em enviar-te 3 (sim, 3!) Toblerone's gigantes, caso consigas digerir esse exemplar que tens em mãos em menos de... 10 minutos. Aliás, não terás já sido tentado a fazer tal coisa? A avaliar pelas últimas fotos do «Há Vida em Markl»... quer-nos parecer que sim.

domingo, junho 24, 2007

AUTÓGRAFOS | Oeiras aguarda por Nuno Markl

Ao contrário do anunciado, Nuno Markl não esteve na Bulhosa, em Oeiras, ao final da tarde deste sábado. As gravações do Sapo Challenge arrastaram-se até às tantas da noite. Consequência: centenas de fans ficaram com as mãos cheias de gordura.

A Doca sabe (e fizemos um apelo nesse sentido) que nunca foram vistas tantas sandes de presunto juntas por metro quadrado. Muitos foram os seres humanos que responderam à chamada, levando o belo pão com umas vigorosas fatias de Pata Negra.


Agora, só resta aguardar pela nova data em que o autor do «Há Vida em Markl: Opus 2» vai estar em Oeiras. As sandes de presunto ficarão guardadas até essa altura. Porque esta é uma legião de milhares e milhares de fans que não se presta a desperdícios.

sábado, junho 23, 2007

OEIRAS | Sessão de autógrafos com Nuno Markl

"(...) vou para a Livraria Bulhosa de Oeiras assinar exemplares do Há Vida em Markl: Opus 2. Lá esperarei pelos vossos canhenhos [HOJE, sábado], às 18h30. (...) Apareçam e tragam-me uma carcaça com presunto, porque depois da correria devo estar com fominha. Não, OK, pronto, a carcaça com presunto é opcional."
Nuno Markl



MEGA-PASSATEMPO
Aviso à navegação: o admirador de Nuno Markl que aparecer com o maior número de sandes de presunto (terá de ser pata negra - não vale falsificações), vai receber um exemplar do «Opus 2» autografado pelo Markl, pelo Xanana Gusmão e pelo Padre Vítor Melícias.

sexta-feira, junho 22, 2007

HOMENAGEM | O cartaz caseiro da Doca

[clique na imagem para aumentar]

quinta-feira, junho 21, 2007

EXCLUSIVO | O testemunho que faltava

Após inúmeras insistências, a Doca conseguiu chegar à fala com o Padre Adelino de Sousa, da Missão Pentecostal. Fomos até ao templo situado no Zambujal, em S. Domingos de Rana, e abordámos a mensagem bíblica que consta no magnífico CD «Tempos Proféticos». Recorde-se que Nuno Markl recebeu uma cópia da obra na caixa do correio. Poucos dias depois, o humorista desafiou os fans a fazerem remakes de uma das faixas (mais detalhes AQUI). O Padre Adelino de Sousa já sabe qual é o destino de Nuno Markl...


DOCA - Não é fácil chegar à fala com o Sr. Padre. Não só porque o telefone [mencionado no CD] está sempre impedido, mas também porque o senhor raramente está no templo...
P. ADELINO - Sou uma pessoa muito ocupada. Tenho muitos afazeres pela cidade de Lisboa e arredores.

Há algum motivo especial para quase ter recusado esta entrevista?
Não. Sou uma pessoa do povo. E é como lhe digo: tenho muitos afazeres pela cidade de Lisboa...

...e arredores, já sabemos. Mas que afazeres são esses, senhor Padre?
Coisas fúteis. Hoje, por exemplo, tinha um churrasco em casa de um primo meu no centro de Lisboa, em Benfica.

Curioso, Padre Adelino. É precisamente aí que reside o Nuno Markl.
Quem?

Nuno Markl, o humorista. «O Homem que Mordeu o Cão» and so on...
Não conheço. Mas mordeu um cão?

Esqueça. Retenha só o seguinte: ele tem promovido a obra «Tempos Proféticos». Promovido, isto é: brinca com o assunto. Pronto: ele goza com isto. E diverte-se à brava! Comenta, senhor Padre?
Só os homens sem pecado servem-se da palavra de Deus de forma tão obscena. Fazendo fé ao que o senhor diz, esse Marques não merece um lugar no céu.

E mais, Padre Adelino? Só isso? O senhor fica-se pelas palavras? Não há acção?
Não sei o que lhe diga. Mas pergunto: o que faz esse Marl? [clara referência ao Mercado Abastecedor da Região de Lisboa].

É humorista. Tem um programa na rádio.
Muito bem. Irei gravar os próximos programas desse senhor. Depois, farei um concurso na igreja: o fiel que fizer a música mais techno e endiabrada com a voz dele, ganha um fim-de-semana no nosso templo. Teremos todo o gosto em editar o trabalho sonoro vencedor e de o ir entregar, porta a porta, em Lisboa. Zona de Benfica incluída.

terça-feira, junho 19, 2007

COZINHA | As receitas culinárias de Nuno Markl

Bacalhau com natas
Pegue numa embalagem pré-cozinhada de bacalhau com natas. Leve ao forno durante 10 minutos. Retire e coloque o conteúdo num prato. Sirva com azeitonas.

sexta-feira, junho 15, 2007

MÚSICA | Mas que boa onda!

Material sonoro directamente de Jesus para Markl

Num ápice, é isto: Nuno Markl foi à caixa do correio e deu de caras com um CD sobre Jesus Cristo, editado pela Missão Pentecostal Assembleia Cristã. Dados a assinalar: excelente grafismo. Um pormenor gráfico arrojado e repleto de estilo. No entanto, a Doca sugere que o grande Nuno Markl se aventure nos «Filhos da Paixão». Lá, poderá encontrar discos belos como os dois exemplares aqui apresentados.


Mas alguém tem dúvidas que o rosto de um porco remete de imediato para a temática do sorriso falso? Ou que a «pregação do Viver sem Medo» é a solução para enfrentar tufões e ciclones? Nós, por cá, já encontrámos a nossa certeza de vida: a partir de agora, somos uns Filhos da Paixão.

quinta-feira, junho 14, 2007

«HOT FUZZ» NOS CINEMAS JÁ!

Os argumentos de Nuno Markl que constam num dos seus últimos posts (ver AQUI) comovem qualquer cinéfilo (mesmo que iniciado na matéria). A forma como aborda o «Hot Fuzz» dá-nos vontade de mandar o Manuel Subtil (recordam-se?) barricar-se nas instalações da Lusomundo, impondo a esses senhores que sim, vale a pena atirarem esta comédia para as telas de cinema! Por tudo isto e muito mais, vamos dar as mãos nesta cruzada épica, na qual até o Markl se dispõe a promover (de borla!) o «Hot Fuzz».

Nós, por cá, até apostamos que a exibição do filme teria mais espectadores numa só semana do que teve o Cinebolso em toda a sua existência. Portanto, não vamos quebrar a corrente. Avance-se com o abaixo-assinado para que o «Hot Buzz» chegue às salas de cinema. Cá estão os primeiros nomes:

1. Marina
2. Martinha
3. Marisa
4. Rita
5. Marta
6. Sofia
7. Silvia
8. Catarina
9. Ana
10. Sheila
11. Marisa
12. Tânia
13. Susana

NOTA: a Doca está empenhada em ir pessoalmente ao balneário do plantel feminino de Futsal do Sport Lisboa e Benfica recolher as assinaturas desta boa gente. O «Hot Fuzz» justifica qualquer sacrifício...

domingo, junho 10, 2007

DIGRESSÃO | Para a próxima será assim

Nuno Markl apanhou o comboio de Lisboa para o Porto (onde esteve a dar autógrafos na Feira do Livro), perdeu o de regresso e, em alternativa, veio montado numa viatura da Renex. Diz que foi uma espécie de sensação de viajar durante 27 horas seguidas. Para a próxima, a Doca sugere que Markl opte por um veículo ágil, seguro e que não exige carta de condução...
Em termos económicos, o passageiro Nuno Markl fez uma escolha inteligente. Vejamos: para apanhar o autocarro da Renex (com origem no Porto e com destino em Lisboa), o humorista desembolsou 16 euros (viagem com início previsto às 21h00).
Se tivesse a infelicidade de ir a tempo de apanhar o Intercidades das 19h52, Markl teria de gastar 28,50 euros. Em resumo: pouparam-se 12,50 euros.

No que toca à vertente ambiental, Nuno Markl foi sensato. Não só contribuiu para a preservação do ambiente, como também salvou uma árvore. Eis as contas do Carbono Zero:

Viagem de... COMBOIO
Emissões de CO2 relativas a 300 km = 0,02 toneladas. Para compensar as suas emissões é necessária, em média, a capacidade sequestro de CO2 de 2 árvores durante um ano.

Viagem de... AUTOCARRO
Emissões de CO2 relativas a 300 km = 0,01 toneladas. Para compensar as suas emissões é necessária, em média, a capacidade sequestro de CO2 de 1 árvore durante um ano.

Ou seja: mesmo que Markl nunca tenha plantado qualquer árvore ao longo da vida, a verdade é que este seu gesto equivale a dizer que a plantou, regou e aparou os troncos. Metafórico, mas repleto de sentido.

sexta-feira, junho 08, 2007

DIGRESSÃO | Ansioso por um autógrafo genuíno?

Sábado, 9 de Junho, 17h00
Feira do Livro do PORTO
Sessão de autógrafos com NM

CINEMA | Doca Pictures presents

Brevemente, em estreia nacional

quinta-feira, junho 07, 2007

FUTUROLOGIA | A opinião de Cintra Torres

O conselho consultivo da Doca gostou e ficou sensibilizado. As palavras de Nuno Markl sobre o programa «Hora H» são elucidativas. Lendo-as, transparece a dedicação do autor num projecto que merecia muito mais (ie: um público à medida, uma promoção digna, um horário justo e, reconheça-se, menos tempo de duração). Vale a pena ler as considerações do Markl AQUI.

Não menos interessante é o apêndice ao Eduardo Cintra Torres. Citando: "E passado o drama do «ai que ninguém gosta do programa», «ai que ninguém vê o programa", "ai que o Eduardo Cintra Torres diz mal do programa» (esperem lá - este não é um drama; o Cintra Torres já dizia mal do Herman Enciclopédia!), uma pessoa sente uma pica algo bizarra em criar material cómico para esta espécie de Triângulo das Bermudas do humor nacional."

Ora, não é bem assim. A Doca revela que teve acesso ao DeLorean usado por Marty McFly (Michael J. Fox) no «Regresso ao Futuro» e viajou até ao ano 2025. Constatações: Eduardo Cintra Torres continua a ser crítico de televisão (e continua a desconhecer a palavra 'elogio') e o jornal PÚBLICO (que, entretanto, foi remodelado 427 vezes e passou a ser um suplemento do Inimigo Público) insiste em acolher as suas crónicas. Na edição de 7 de Junho de 2025 será este o conteúdo do «Olho Vivo»:

"Aqui no lar, costumamos assistir ao programa do Herman. É bom observar que, nestes últimos 18 anos de exibição do «Hora H», muita coisa mudou. Penso que a qualidade excelente do programa justifica que se avance dos actuais 90 para os 120 minutos de duração. Saúdo também a prestação exemplar do Guilherme Leite. Ele e o Herman são uns verdadeiros malucos do riso. Pena que as bengalas de ambos atrapalhem um pouco, mas mais vale assim: de vez em quando, sempre podemos ver que há vida para além dos 2 metros do decor que costumam aparecer. Acho que o Herman é o melhor humorista português de todos os tempos. Eu gosto do Herman. Dele e da equipa de argumentistas das Produções Fictícias. Mas isto já vem detrás: lembram-se do Herman Enciclopédia? Barrigadas de rir, meus amigos. O que eu não dava para regressar a esses gloriosos tempos em que tinha os meus 72 anos..."

quarta-feira, junho 06, 2007

POLÉMICA | O «Hora H» e o Guilherme Leite

Herman José raptado por 'maluco do riso'

«O texto é mau, não há sequer! As Produções Fictícias não sabem fazer humor para TV, estão a 'assassinar' o Herman!». As declarações são do actor Guilherme Leite, a propósito de mais uma baixa no elenco do programa «Hora H» (desta feita, a de Ana Bola). A Doca sabe, no entanto, que o autor de «Apanhados» (e de uma coisa qualquer relacionada com casamentos em Portugal) é consumidor compulsivo do «Hora H».


Fontes da ASAE (que, depois de terem passado a pente fino todas as feiras, mercados, galinheiros e lojas chinesas em Portugal, ficaram sem mais nada para fazer) garantem que o actor Guilherme Leite está por detrás do rapto de Herman José. Hoje mesmo, a Aljazeera TV divulgou um vídeo inédito que confirma o sequestro.


Guilherme Leite não aparece na imagem porque tinha ido almoçar. Contudo, o 'maluco do riso' afirma em comunicado enviado à agência Tusa que só libertará Herman quando as Produções Fictícias lhe arranjarem um programa chamado «Hora do Leitinho».

segunda-feira, junho 04, 2007

DIGRESSÃO | Sessões de autógrafos

Markl continua em digressão nacional para promover o mais recente êxito «Há Vida em Markl: Opus 2». Mesmo antes de ter estado no stand dessa grande editora que é a Gradiva (constatação: o Guilherme Valente é, de facto, o maior editor português, honra lhe seja feita), em plena Feira do Livro de Lisboa, Nuno Markl já andou por outras paragens. Em duas semanas, o humorista já gastou 46 esferográficas a dar autógrafos. Vejamos alguns dos locais:




MARQUÊS DE POMBAL. Aproveitando a passagem da manifestação da CGTP, o autor sacou o megafone a Manuel Carvalho da Silva e pôs-se a leiloar exemplares do «Há Vida em Markl: Opus 2».



BORBA. Roloute da Tia Maria Cristina, Churros & Farturas, no arraial das festas populares da vila. Cada livro vendido dava direito a uma fartura e a um talão com desconto de 50% na próxima compra na roloute da Tia Maria Cristina.


PORTO. Mercado da Ribeira. Disfarçado de indiano numa tentativa de internacionalizar as vendas do livro de humor.

sexta-feira, junho 01, 2007

DIRECTOR | Depois do Metro... a Playboy!

A digressão de Nuno Markl - no papel de director e editor de conteúdos jornalísticos - pelas mais prestigiadas publicações mundiais não pára. Depois do jornais Metro, El Mundo, Le Figaro, New York Times, 24 Horas e A Voz da Paróquia de S. Brás de Alportel, eis que o humorista vai, finalmente, dirigir a não menos afamada Playboy. Markl está já na mansão de Hugh Heffner, nos EUA, preparando-se para assumir o cargo de director da revista por um dia. E foi nos EUA que Markl encontrou Alvin O'Brien (ex-SIC Radical e, agora, superstar da NBC). Durante uma hora, o rosto d'«O Homem que Mordeu o Cão» esteve a ser entrevistado no programa «Good Night, Alvin». FOTOS: cortesia Playboy e NBC