sexta-feira, junho 30, 2006

VAMOS À BOLA | Em vésperas do confronto com Inglaterra...


...a equipa da 'Doca' recusa-se a comentar esta foto e deseja a maior sorte do mundo para Portugal.

PUBLICIDADE | Novo Studio Line - Party

Cabelos soltos, penteados descomplexados!

INVESTIGAÇÃO | Marquês deu à luz

Cientistas ainda estão parvos com o sucedido

O canídeo Marquês (rafeiro do sexo masculino, note-se) acaba de ser... mãe. O parto (normal) aconteceu em plena sala de estar da mansão de luxo dos redactores do diabólico blog Nha Terra 2005. Sorapa foi a enfermeira-chefe de serviço, enquanto que Moitex deu assistência. Já Fué Barbatana foi posto fora da sala (logo a seguir ao seu súbito desmaio).
Cientistas de todo o mundo estão agora a investigar este estranho caso. Pela primeira vez, um cão decidiu dar à luz. Para complicar ainda mais as coisas, o corpo do rafeiro sofreu uma metamorfose desconhecida. O facto dos "cachorros" terem nascido "gatos" também está a intrigar a comunidade científica.

quinta-feira, junho 29, 2006

SÉTIMA ARTE | As novidades que pr'aí vêm

Brevemente nos cinemas

PASSATEMPO | Ganhe prémios com a 'Doca'

Agora escolha!

Este rapaz franzino (o de t-shirt branca) andava a passear na Praia do Meco. De súbito, o vento decide fazer das suas: o chapéu que o rapaz trazia na cabeça foi parar em cima do outro senhor que está deitado em pleno areal. Questão: deve este jovem apanhar o chapéu que lhe pertence?

Hipótese 1 - "Sim! Um chapéu, hoje em dia, é muito caro! Não se pode desperdiçar assim as coisas."
Hipótese 2 - "Talvez... mas ele que olhe primeiro para ver se está alguém... atrás... a vê-lo."
Hipótese 3 - "Jamais! Pira-te mas é daí. Chapéus há muitos e essa praia sempre teve um ambiente um bocado abichanado."

Escolha a hipótese que lhe parece ser a mais correcta e envie a sua resposta por SMS para o 7391. O otário que enviar mais mensagens escritas terá direito a um cruzeiro num barco de pesca da frota de Peniche para duas pessoas.

INVESTIGAÇÃO | Toda a verdade sobre Garoupa

O professor da 'Doca'

Tal como prometido, a 'Doca' revela aqui o documento que nos dá toda a razão. Ao contrário da contra-informação que circula noutros blogs menos afamados, o Prof. Garoupa trabalha em exclusivo para os nossos laboratórios. Mais: este facto resulta da vontade do próprio biólogo marinho que, aliás, o expressou por escrito no documento que agora publicamos. Garoupa faz mesmo questão de sublinhar o seu desejo de distanciamento (quanto mais longe, melhor!) para com esses sujeitos do Nha Terra 2005.

terça-feira, junho 27, 2006

ÚLTIMA HORA | Blog da 'Doca' premiado

Prémio Internacional de Grafismo Digital

Los Angeles (do nosso enviado especial) - A prestigiada Academia Golden Globe Awards acaba de anunciar que a 'Doca' é o grande vencedor do Prémio Internacional de Grafismo Digital. Esta é a primeira e última vez que a Academia procede a tal distinção, na medida em escasseiam claramente projectos internacionais de alto gabarito similares ao da 'Doca'.
Nas palavras de Pepe Ivanov, presidente da Academia e primo do árbitro que apitou o jogo entre a Holanda e Portugal, este é "um reconhecimento justíssimo que incentiva a comunidade cibernauta à escala planetária" a desenvolverem projectos semelhantes.
Recorde-se que, já em 2005, a 'Doca' conseguiu arrecadar outros 3 prémios internacionais de design gráfico: dois atribuídos pela Academia norte-americana de Artes Gráficas e outro concedido pelo Clube de Donas de Casa da área metropolitana de Lisboa.

REVISTA DE IMPRENSA | Destaque da semana

Edição desta semana da CARAS

INVESTIGAÇÃO | A 'Doca' esteve na mansão do gang do Nha Terra 2005

Uma vida de luxo

No passado domingo, momentos antes de Portugal defrontar a selecção da Holanda, uma equipa da 'Doca' teve a oportunidade de visitar a mansão de luxo dos redactores do blog Nha Terra 2005. Numa operação denominada por «Código Avalanche», os repórteres da 'Doca' disfarçaram-se de vendedores de cachupa. E a verdade é que, recorrendo a este disfarce inédito, conseguimos penetrar nos meandros do sub-mundo dos bloggers mais mafiosos do planeta.
Na foto, podemos ver ao centro a cabecilha do gang (segurando uma bandeira da Holanda, numa clara traição à pátria portuguesa). Sorapa é a madrinha desta família que descende dos Corleone. Ao lado, de camisa azul, está Fué Corleone Júnior. E, do outro lado, Moitex Corleone.

segunda-feira, junho 26, 2006

VAMOS À BOLA | O homem que nos ia desgraçando

Valentin Ivanov

O russo escolhido para apitar o Portugal vs Holanda é uma coisa da pior espécie. Veja-se a expulsão do Deco. O que fez o nosso mágico para merecer um amarelo e a consequente expulsão? Valentin Ivanov fingiu ser um árbitro isento. Mas fingiu mal. A propósito: consta que a predilecção em mostrar cartões amarelos e vermelhos não é de agora.

VAMOS À BOLA | Momento de celebração

Apostamos em como o consumo de cannabis
vai triplicar nos próximos tempos, na Holanda...

domingo, junho 25, 2006

INVESTIGAÇÃO | Cientista da 'Doca' estuda criaturas

Garoupa e as novas espécies marinhas

Tal como havia sido noticiado, o Professor Garoupa está a comandar o estudo das duas novas espécies marinhas descobertas na ilha do Maio, em Cabo Verde. Disso mesmo dá conta a fotografia acima publicada, contrariando todas as informações e desmentidos que asseguravam que o Professor Garoupa não estava a trabalhar para a 'Doca'. O Laboratório Marinho da 'Doca' reforça, assim, a sua liderança na pesquisa científica.

DOCA BD | As Aventuras do Gang do Nha Terra 2005

Mistério, humor e coragem

COMER + BEBER | Estilos (in)fotocopiáveis...

Jantar à americana

O Zé bem tinha avisado: "olha que nós é que levamos tudo, ok?". Dito e feito. Os ponteiros do relógio roçavam nas 19h00 quando o Zé apareceu cá em casa com a Tininha e com a Pituxa. As apresentações ficam para outra altura. Por falta de tempo, fiquemo-nos pelo nome próprio de cada um destes amigos de há longa data.
Pois bem, a verdade é que o Zé não brinca em serviço. Tal como havia prometido, fez-se acompanhar por uns sacos enormes (o tamanho suficiente para carregar comida e bebida para 4 pessoas). O jantar tinha sido combinado há mais que tempos. Mas só agora é que foi possível reunir o grupo. Antes assim, pois claro.

Digamos que não poderia haver melhor forma de começar tão badalado repasto. Entradas: asinhas de frango e pão d'alho (ambas da Telepizza). Nada mau. Há apenas a apontar o facto de uma das asinhas vir ainda apetrechada com penas (de tamanho microscópico). Quanto à bebida para abrir as hostes, a opinião do grupo foi consensual: uma excelente garrafa de Fanta de laranja. Resultado: esta Fanta pareceu-nos ter amadurecido no devido tempo, apresentando um aroma frutado. Nota alta para a qualidade do "gaseificante". As borbulhinhas do gás até pareciam estalar-nos a língua.

Segundo acto: Big Mac com batatinha frita e sal. O Zé, a Tininha e a Pituxa não podiam estar mais de acordo comigo, aprovando com distinção a qualidade gastronómica deste Big Mac. Numa próxima vez, sugerimos apenas que o mestre cozinheiro de tal iguaria pondere em colocar mais alface. Nesta fase, decidimos enveredar por Coca-Cola Light. Pouco ou nada a acrescentar. Talvez apenas que as pedras de gelo introduzidas no copo de papelão fizeram esmorecer a pujança da Coca-Cola. Podia estar menos "aguada" e mais gaseificada.

De salientar que este maravilhoso repasto foi encerrado com um suminho de laranja natural (trazido do mesmo local onde o Zé comprou o jantar). Apesar do sabor a podre (será que tanta mistura nos atrofiou o paladar?!), bebemos o sumo em dois ou três tragos. Àquela hora, já nada nos fazia temer.

sábado, junho 24, 2006

SÉTIMA ARTE | Esta semana, em estreia nos cinemas

«Fuga de Alcatraz»

Dois traficantes de cachupa são apanhados em flagrante pela CIA. Uma perseguição alucinante pelas estradas de terra batida de Cabo Verde culmina na captura dos dois criminosos. Moitex Simpson e Fué Al Babe são enviados para Alcatraz, a prisão mais segura do mundo. Conseguirão eles concretizar o plano da fuga?...

sexta-feira, junho 23, 2006

ESPECIAL | O resultado de uma experiência mal sucedida

Cientistas amadores do Nha Terra 2005 fizeram merda

Nasceu uma nova espécie para a ciência: dá pelo nome de Jujumix taradix e é o resultado do cruzamento entre Marquês (o célebre rafeiro adoptado pelos depravados do blog Nha Terra 2005) e Juju (a transloucada viciada em alcóol etílico).
Esta nova espécie de mamífero é, na verdade, o efeito final de uma experiência mal sucedida. Na tentativa de clonarem Juju, os cientistas amadores do Nha Terra acabaram por fazer o cruzamente entre o cachorro e a boazona. Má notícia: Juju tem agora umas orelhas. Boa notícia: o corpinho dela permanece... hummm... apetecível.

ESPECIAL | Investigação científica no Laboratório da Doca

Moitex barbatex, a espécie mutante
É com enorme alegria que o Prof. Garoupa, reputado especialista em biologia marinha, vem anunciar publicamente o êxito do processo de clonagem da nova espécie descoberta nas águas da ilha do Maio, em Cabo Verde (mais pormenores nesse grande fiasco que é o Nha Terra 2005).
O clone de Moitex barbatex passou essencialmente por três fases distintas de mutação (como as fotos comprovam). A equipa de cientistas da 'Doca' esteve no laboratório durante 16 horas seguidas para levar a bom porto este ousado projecto de investigação. As experiências científicas vão continuar...

quinta-feira, junho 22, 2006

INVESTIGAÇÃO | Professor Garoupa desmente "artistas" do NhaTerra 2005 e avança com processo

Na foto: Prof. Garoupa (à direita, de calções azuis), acompanhado pelo seu
assistente, o Dr. Topázio Lagostim. Os dois investigadores envergam um
exemplar do Fuex sardinhex, descoberto há 1 ano na ilha do Maio.



"Querem brincar? Então brinquem com a coisinha deles!"

Questionado sobre a veracidade dos factos relatados no blog Nha Terra 2005, o Prof. Garoupa insurgiu-se contra aquilo que considera ser "uma situação que atenta contra o meu bom nome, pondo em causa a minha reputação de maior biólogo marinho do mundo".


Recorde-se que na origem da polémica está o anúncio de uma nova espécie descoberta nas águas que rodeiam a ilha do Maio, em Cabo Verde. Alegadamente, os depravados e loucos do Nha Terra 2005 de imediato puseram o Prof. Garoupa a investigar o assunto. Contudo, o académico nega o relatado: "é mentira! Jamais estive a fazer investigações naquele local. Parece-me uma brincadeira demasiado ofensiva", diz. O especialista em espécies marinhas adianta ainda que "se eles querem brincar, então que brinquem com a coisinha deles".


Garoupa sublinha ainda a medida exemplar dos biólogos da 'Doca' ao identificarem a espécies em causa:
Moitex barbatex. O professor salienta que ninguém pode pôr em dúvida a qualidade do trabalho científico levado a cabo pelos biólogos da 'Doca'. Isto porque foram estes mesmos especialistas que, há um ano atrás, revelaram em primeira mão a existência da Fuex sardinhex, uma outra espécie da família da sardinha descoberta no mesmo local.

Ao contrário do que os tipos do Nha Terra 2005 referem, os investigadores da 'Doca' vão mesmo clonar um Moitex barbatex. O Prof. Garoupa será o coordenador deste ousado projecto de investigação.

quarta-feira, junho 21, 2006

INVESTIGAÇÃO | A estranha espécie marinha

Biólogos da 'Doca' desvendam mistério

Este animal dá pelo nome de Moitex barbatex e é da família dos lobos marinhos. Biólogos da 'Doca' fizeram análises de ADN a este exemplar que deu à costa na ilha do Maio e, em pleno mês de Junho, revelam finalmente que aquela coisa com barbatanas é um Moitex barbatex.
Mais uma vez, a 'Doca' põe à prova toda a sua sabedoria científica e capacidade intelectual, destronando claramente a concorrência (fraquinha) dos tipos do Nha Terra 2005.
Aproveitamos para informar que, neste momento, a nossa equipa de cientistas está a clonar um exemplar do Moitex barbatex. Estamos só a aguardar que as 167 injecções façam efeito, de forma a verificarmos in loco as mutações ocorridas no animal.

segunda-feira, junho 19, 2006

PUBLICIDADE | Marquês assina contrato milionário

Pedigree d'El Marquês

Marquês, o canídeo adoptado e domesticado pelo gang do NhaTerra2005, acaba de assinar um contrato de publicidade milionário com a Pedigree. A multinacional de rações para animais justifica esta medida "pelo êxito mediático que o cão conseguiu atingir."
Neste momento, Marquês (que dá o seu nome à nova ração da Pedigree), está nas Bahamas a filmar o primeiro anúncio televisivo, juntamente com 12 cadelas modelos.

domingo, junho 18, 2006

PASSATEMPOS | Porque hoje é domingo

Só para inteligentes

sábado, junho 17, 2006

PASSATEMPOS | Compare os desenhos...


...e descubra as 5 diferenças
[grau de dificuldade: muito difícil]

BANCA DE JORNAIS | Revista de imprensa

Esta semana na CARAS

sexta-feira, junho 16, 2006

CARTAZ | Estreia mundial marcada para muito breve

BoaZonas, the movie

O tão apregoado filme 'BoaZonas' já entrou na fase final das filmagens. Neste momento, McMoita e Sá Leão (que, juntos, são os responsáveis pela co-produção) encontram-se na Malásia a rodar as últimas cenas. A fita, recorde-se, retrata a vida e obra de Cicciolina, a grande diva do mundo porno. O 'BoaZonas' é assim uma espécie de documentário que recorre a várias actrizes de sucesso do primeiro escalão para encarnarem a figura de Cicciolina nas suas diferentes fases da carreira.

CIÊNCIA | Cientista resolve clonar Marquês, o canídeo


O cientista louco

McMoita Einstein é formado em Biologia Animal e tem uma especialização em Anatomia dos Morcegos. O laboratório de McMoita funciona clandestinamente numa praia paradisíaca algures em África. O cientista acaba de anunciar ao mundo a clonagem de Marquês, um canídeo selvagem domesticado e adoptado pelo gang do NhaTerra2005.









A cobaia

Marquês entrou para o laboratório na passada noite. E, já esta manhã, o animal acordou ao lado de um clone. Marquês (o original) latiu vezes sem conta, apresentando neste momento sintomas que indiciam uma depressão em curso.

quinta-feira, junho 15, 2006

DESCOBERTA | Os antepassados do Marquês ainda estão vivos

Foto: membros do gang NhaTerra2005
[Tratamento gráfico: INFODOCA]

Canídeosapiens

Uma fotografia sacada inadvertidamente por membros do gang NhaTerra2005 revelou, de forma inesperada, a presença de um bicho estranho à face da Terra. Os historiadores do 'Doca' investigaram o documento a fundo e descobriram que a imagem retrata o Canídeosapiens (nada mais, nada menos do que o ancestral do célebre Marquês).
Os autores da foto, entretanto questionados pela 'Doca', referem apenas que "nós não sabemos de nada, apenas pressionámos o botãozito da máquina fotográfica, não nos apercebemos de que aquele vulto era um homem-cão, oh meu Deus, mas o que é isto, maldita hora em que colocámos o rolo 100 ASA na maquineta, c'o a breca, vamos mas é beber grogue e comer cachupa".

ESTATÍSTICAS | Doca lidera acessos diários na internet


Fonte: Marcatesta

Obrigado, leitor!

Segundo os últimos dados divulgados pela Marcatesta (a reputada empresa de estudos de mercado), o 'Doca' é hoje uma preferência para mais de 1,7 milhões de utilizadores por dia. Segue-se o site da Playboy com 1.700 acessos diários e o site oficial do Governo (que, sublinhe-se, regista apenas 1.000 almas penosas online diariamente). O blog do Pacheco Pereira tem vindo a descer no ranking, tendo actualmente 800 utilizadores por dia. Quanto ao Nha Terra 2005, há pelo menos 0,5 pessoas a acederem todos os dias.

MARQUÊS | O regresso de um herói

Super-herói

quarta-feira, junho 14, 2006

PROMOÇÕES | Esta semana, no sítio do costume

Promoção da semana

terça-feira, junho 13, 2006

ESPECIAL | Rafeirita atrai atenções pelo mundo inteiro

Capa da VOGUE

Nesse blog demoníaco que é o Nha Terra 2005, Rafeirita desabafa: "eu pareço uma grávida em todas as fotos desse dia. A minha auto-estima bateu no fundo. Vou deixar de comer feijão!"

Vem isto a propósito de umas fotografias tiradas durante uma suposta lua cheia (ver post abaixo), no designado Monte Vermelho, em Cabo Verde.

Rafeirita queixa-se. Mas sem razão. É que o 'Doca' marcou uma consulta de tarot com a Maya e foi-nos assegurado que, daqui a 5 meses, Rafeirita será capa da Vogue.

O 'Doca' partilha assim tamanha ousadia com o resto do mundo, avançando, desde já, com uma medida inédita: a publicação (em rigoroso exclusivo) da capa que ajudará a subir a auto-estima de Rafeirita. Beijinhos, Rafeirita!!!

segunda-feira, junho 12, 2006

ENTREVISTA | Lua desmente lunáticos do NhaTerra 2005

"Eu não estava lá!"

A equipa do NhaTerra 2005 jura a pés juntos que, na noite de 10 de Junho, esteve no Monte Vermelho a contemplar a Lua cheia. É mentira. Em entrevista exclusiva ao 'Doca', a Lua revela toda a verdade, indo mesmo ao ponto de afirmar que, nessa noite, "estava a atravessar uma fase complicada de Quarto Minguante".


Doca - A equipa do Nha Terra 2005 utiliza o seu bom nome para testemunhar a passagem da noite de 10 de Junho no Monte Vermelho. A Lua estava lá?
Lua - Eu não estava lá. Nem podia! Tenho a certeza que, a essa hora, eu estava num outro hemisfério onde, de facto, era noite.

Doca - Quer com isso dizer que era dia no momento em que foram tiradas as fotos no Monte Vermelho?
Lua - Sim. Isso prova-se pela imagem saturada e pouco brilhante da lua que aparece retratada. Repare: qualquer estúdio fotográfico consegue desvendar todos os truques utilizados para fazer aquele foto. Aquilo não é uma lua verdadeira. É simplesmente uma luz proveniente de um projector.

Doca - Tem outros argumentos mais consistentes que possam suportar a sua tese?
Lua - Tenho. Lembro-me que, nessa noite, eu estava a atravessar uma fase complicada de Quarto Minguante. Tenho a certeza porque Marte, também nessa mesma noite, tentou engatar-me e eu não tinha tomado os contraceptivos. De modo que ficámos por ali.

Doca - Porque razão os elementos do Nha Terra 2005 usaram um projector para simularem a Lua?
Lua - Porque eu sou a imagem de marca do romantismo. Aliás, não é por acaso que os tipos aparecem aos pares. Reparou nisso?! Eles e elas aparecem todos emparelhados! O mais curioso é que a distruibuição dos elementos por esses mesmos pares não corresponde, de todo, aos pares originais. Fiz-me entender?

Doca - Não propriamente...
Lua - Aquilo é swing, meus amigos. Swing!...

domingo, junho 11, 2006

IMAGENS REAIS | A tragédia, o drama, o horror

Hurricane

TELEVISÃO | Sempre em cima do acontecimento

Euronews

DESCENDÊNCIAS | O passado do homem da América

Bush descende de portugueses

Há dias, encontrei uns velhos recortes de jornal. Devo-os ter guardado, na certa, pela qualidade humorística do respectivo conteúdo. Leia-se este exemplo aberrante:

"Os Genealogistas da página «Genea», da internet, chegaram à conclusão de que George W. Bush é descendente de portugueses. Segundo a árvore genealógica do Presidente dos EUA, o clã Bush foi dos primeiros a chegar aos EUA, e a sua ligação a Portugal é feita através das famílias reais europeias, numa linha que vai até D. Urraca e D. Afonso Henriques."
Expresso, Janeiro 2004

Das duas, uma: ou os espanhóis querem mesmo tratar de deitar abaixo a nossa reputação (se é que ainda nos resta alguma) ou então isto é obra de algum português emigrado (quiçá) em Bruxelas que pretende vingar-se de qualquer coisa. Se os tipos da «Genea» se lembram de ir averiguar os descendentes de Paulo Portas, então aí é que estamos mesmo tramados... Hããã?! Ah o Portas é português?! Pois. Faz sentido. Bush, Durão Barroso, Portas...

sábado, junho 10, 2006

SÉTIMA ARTE | Reedições com elenco de luxo

Delicatessen
Moitex veste a pele de um talhante mórbido que alimenta o gosto pelo canibalismo. Nesta nova edição remasterizada, Moitex é também proprietário de uma casa nocturna, de uma padaria, de um cabeleireiro, de uma peixaria e de um mini-mercado.





Tomb Raider
Joanne veste a pele da lendária Lara Croft que, nesta edição, enceta uma luta contra o Prof. Silício Amorfo. Silício é dono de uma clínica estética onde Lara fez um implante para reduzir o peito. Contudo, Silício deixou-se entusiasmar e acabou por aumentá-lo. Lara quer agora vingar-se.


Chocolate
Neste novo filme, Sorapa é uma especialista em receitas de chocolate que anda de terra em terra a vender os seus sabores únicos. Desta vez, a acção passa-se em Pires Coxe, junto a Santa Iria da Azóia. De salientar a excelente prestação de Sorapa. Johhny Depp, pelo contrário, desilude.

sexta-feira, junho 09, 2006

CELEBRAÇÃO | Ena, ena! Conseguimos colocar um post

Os engenheiros do Blogger

É um facto: a equipa de matulões e matulonas da Doca conseguiu inserir um post (sem interesse, é certo, mas também só nos lê quem quer) neste coisa a que chamam Blogger. Há pelo menos 157 dias que estamos a tentar colocar aqui um post decente (uma coisa que se leia bem, assim a atirar para o sexy VS erótico). Mas a missão tem sido difícil. Cada vez que abrimos a página do Blogger aparece-nos uma mensagem enigmática: "Pedimos desculpa pelo inconveniente. Estamos inaptos a responder ao seu pedido neste momento. Os nossos engenheiros já foram notificados acerca deste problema e estão a tentar resolvê-lo."

Tanga. Os "engenheiros" do Blogger estão-se nas tintas os utilizadores do Blogger. Apostamos que esse tais "engenheiros" estão neste momento a comer caracóis e a beber imperial de barril. Nem vamos mais longe: os tipos estão a concretizar tal acto ali na Taberna do Pescador, como quem vai para os lados de Santa Iria da Azóia (mas cortando à direita logo a seguir ao cruzamento que vai dar a Alverca, passando sempre em frente como se fossemos para Alhandra).

Os "engenheiros" fizeram uma aposta. Uns apostaram 3 grades de Super Bock em como os utilizadores do Blogger não se importavam pelo facto do serviço ficar inactivo durante 157 dias. O resto do grupo de "engenheiros" dizia que não, que o pessoal iria reclamar, que haveria mesmo bloggers a fazerem greve de sexo, etc.

Resultado: a taxa de "gravidezes" baixou drasticamente no últimos meses, os "engenheiros" continuam a alimentar a bebedeira que iniciaram há 157 dias na Taberna do Pescador e o dono da Taberna já tentou atirar-se ao rio 356 vezes (justamente por ser um blogger frustrado que, há 157 dias, não consegue colocar posts no seu blog sobre engenheiros assexuados).

quarta-feira, junho 07, 2006

MODAS | As vacas de que tanto se fala

Cow Parade

Lisboa foi varrida por uma onda de vacas que é uma coisa abismal. Em todas as esquinas, há uma vaca à espreita. A capital está transformada numa autêntica vacaria. A culpa é dos tipos que se lembraram de trazer para Portugal essa coisa da Cow Parade. Vai daí e resolveram fazer concursos e coisas do género para que alguém pintasse as vacas. Resultado: vacas à cores, vacas com desenhos, vacas com piercings, vacas transformadas em obras de arte... Enfim.

Poderia a Doca ficar de fora de tão badalado evento? Podia. Mas apeteceu-nos aderir à Cow Parade. Simplesmente porque sim. Em resumo: fomos ter com os senhores 'vaqueiros' que comandam os destinos da Cow Parade. E dizeram-nos que já não havia vacas para ninguém, que já estavam todas pintadas e distribuídas pela cidade, não-sei-que-mais e não-sei-quantos...

Posto isto, fomos ter com o Sr. Tomás Mimoso. Ele é um agricultor 5 estrelas! Produz alimentos biológicos ali para os lados de Peniche e tem uma quinta com vários animais. Fomos saber quanto é que ele nos fazia por um exemplar bovino em segunda mão. Regateámos mais que tempos. Mas, graças a Deus (e ao garrafão de tinto que era uma bela pomada), o negócio concretizou-se. Trouxémos a vaca por uns míseros 250 euros (o bicho já leva com 15 anos no pêlo). Veio no atrelado. Aproveitámos a passagem pela estação de serviço e aplicámos-lhe um tratamento vip. Lavagem normal, seguida de lavagem com extra-detergente e, por fim, um pouco de cera líquida para dar um brilho especial.

Quem quiser ver a nossa vaquinha da Cow Parade - a 'Doquinha' - basta passar por Lisboa. Não sabemos ao certo onde ela pára. O bicho é irrequieto. Dá-nos a impressão de que não gosta do ambiente citadino. Mas é uma questão de hábito.

Sítios úteis: Cow Parade LISBOA

SEXO & RISO | "AneDOCA" da semana

O poder do Viagra

Esmeraldino é médico. Certo dia, no consultório, recebe a visita inesperada do avô:
- Tudo bem, meu estimado neto?
- Por cá, avô?! Não se sente bem??!
- Sim, sinto-me... o avô veio cá para te falar... de uma coisa. É... sobre... o... Viagra.

O neto fica pasmo:
- Avô, isso é muito caro!
- Quanto custa uma caixa?

Responde o neto, com esperança de que o preço do Viagra demovesse o avô:
- Custa 75 euros, avô. Vê? É carríssimo. Lembre-se da sua reforma miserável.
- Humm... Quero experimentar. E prometo que te pago na próxima semana!!!

Palavra puxa palavra e a vontade do avô foi mais forte que a do neto. O velho bazou com uma caixa de Viagra no bolso. Decorrida uma semana, nova ida ao consultório de Esmeraldino. Assim que chega, o velhote saca da carteira 575 euros.
- Qu'é isso, avô?! Eu disse que a caixa de Viagra custava 75 euros!
- Eu sei, eu sei... Os 75 euros são meus. Os outros 500 foi a tua avó que mandou...

domingo, junho 04, 2006

EXPEDIÇÃO | Investigadores no Banco do Gorringe

Diário de Bordo

Uma sessão de cinema improvisada levou a bordo do Crioula as primeiras imagens subaquáticas captadas pelos investigadores da Lusoexposição nos cumes submarinos de Gorringe, a pouco mais de 340 quilómetros da costa portuguesa.
A Lusoexpedição 2006, liderada pela Universidade Lusófona e que inclui também investigadores das universidades dos Açores e do Algarve, bem como 35 estudantes do Ensino Superior, zarpou sexta-feira a bordo do Crioula com destino ao Banco do Gorringe, a meio caminho entre a Madeira e o continente.

Depois de um primeiro mergulho mal sucedido, na manhã de sábado, a segunda tentativa foi proveitosa, tanto em termos de amostras recolhidas, como a nível de espécies observadas.
O resultado traduziu-se na beleza e cor das filmagens que foram projectadas na noite de sábado, quando os tripulantes tiveram oportunidade de ver, projectado num lençol que ondulava ao vento, um pouco da riqueza que os mergulhadores observaram durante a descida ao pico Gettysburg, a 30 metros de profundidade.

Algas, esponjas, cardumes de lírios, barracudas, pampos, budiões e mesmo um cavaco surgiram no lençol, que substituiu desta vez o pano da vela da anterior "sessão cinematográfica".
Na última projecção foram vistas espécies já identificadas no Gorringe e outras ainda não avistadas, mas que se esperava encontrar por já terem sido vistas em locais próximos, como a costa africana e a Madeira. É o caso do rascasso, que foi agora identificado pela primeira vez nesta zona pela equipa da Lusoexpedição.

Graças à velocidade do Crioula, que atingiu o Gorringe quase um dia antes do previsto, o mergulho acabou por acontecer muito mais cedo do que se esperava.
Na manhã de sábado já se enchiam garrafas e ultimavam os preparativos, enquanto um semi-rígido distribuía as bóias necessárias para marcar os pontos de entrada dos investigadores.
Os mergulhadores, divididos em duas equipas de seis elementos cada, desceram por duas vezes às profundezas do oceano.

Na primeira, a corrente forte que se fazia sentir acabou por gorar as expectativas e dar pouco trabalho aos 35 estudantes universitários que apoiam as equipas na triagem das amostras recolhidas, mas na segunda, o mar estava mais calmo e proporcionou momentos felizes.
No convés do Crioula, os tabuleiros de amostras encheram-se de vida marinha e um balde de água salgada mostrava alguns dos peixes coloridos que nadam nestas águas.
"Encontrei os maiores peixes-porco que já vi na vida", exclamou Frederico Cardigos, biólogo marinho da Universidade dos Açores.

Também o imediato do navio, capitão-tenente Castro, descreveu a descida ao Gettysburg com entusiasmo: "ao princípio, é um mergulho no azul. Depois, à medida que fomos descendo, vi peixes de todos os tamanhos e feitios".
Foram também lançadas armadilhas, com as quais se espera recolher essencialmente peixes de fundo, moluscos e crustáceos, disse Frederico Almada, outro dos biólogos que acompanham a expedição, e investigador da Universidade Lusófona.
Frederico Cardigos justificou a importância dos montes submarinos, como o Gorringe, pelo facto de serem considerados oásis oceânicos, no meio de um oceano aberto normalmente "com baixa produtividade".

O peixe acumula-se nestas zonas aparentemente por causa do fluxo constante de nutrientes que resulta de um fenómeno conhecido como "colunas de Taylor", que faz com que a água circule fechada sobre si mesma ao redor destes cumes, explicou o investigador.
Por todo o mundo, os montes submarinos albergam 794 espécies de peixes, das quais 50 têm um valor comercial importante.

A pesca e o arrasto de fundo são por isso consideradas as principais ameaças à biodiversidade destes "oásis oceânicos", embora a exploração de recursos geológicos e minerais, também possa ter impacto negativo. Quanto às espécies do Gorringe, o número das que foram identificadas é, de acordo com Frederico Cardigos, "muito baixo".
Os investigadores estão, por isso, empenhados em acrescentar novas espécies às que já foram encontradas nestes cumes submarinos e, quem sabe, descobrir alguma totalmente nova para a ciência.


LUSA

AUTOMÓVEIS | O progresso tecnológico

Evolução

Nova Toyota. De 166 CV para 166 VC.

sábado, junho 03, 2006

SÍMBOLOS | Tempos modernos

O Cristianismo

PASSATEMPO | Um destino de sonho

Viagem a Cuba*

O fascínio de Cuba ao alcance de qualquer um. Quem não quer ir a Cuba? Todos querem ir a Cuba. E o que é preciso para ir a Cuba? Fácil: basta pegar no telefone e 'discar' o 707.991.199. Temos 5 viagens para oferecer. A Cuba. Cada viagem será atribuída de 596.391.973 em 596.391.973 chamadas. Força nisso. E boa sorte.

* inclui 3 noites na Pensão Toca do Grilo em regime de meia-pensão. Oferta de 1 jantar de gala no snack-bar Barriga do Grilo, seguido de noite de copos e table dance no Grilo Branco. Inclui também visitas ao mercado municipal de Portel, às grutas da Vidigueira, à Adega Cooperativa de Beja, aos sobreiros de Ferreira do Alentejo e à estação de serviço do Alvito. Possibilidade extra de um passeio de 2 horas na Barragem do Alvito em bote de borracha.

sexta-feira, junho 02, 2006

MÚSICA | Desperta o pirata que há dentro de ti

Cópias piratas

Algures no site da Pro-Music Portugal, a constatação do momento. Dizem os rapazes dos D'zrt: "roubar a música é matar a música. Sempre que sacas uma música estás a contribuir para que os nossos concertos acabem."
Finalmente, temos bons motivos para piratear música.