quarta-feira, maio 31, 2006

ACTUALIDADES | O mundo rural em Lisboa

Liberdade

No próximo fim-de-semana, a Av. da Liberdade vai encher-se de animais. Galinhas, ovelhas, vacas, porcos... A CAP promete um sortido pecuário bem digno da produção de alto nível que se faz em Portugal. Tudo por causa do polémico pagamento das agro-ambientais. Seja como for, seria preferível marcarem a marcha agrícola para alturas da gay parade, em Lisboa. E assim era uma espécie de 2 em 1 abichanado.

TV | Ainda os Globos de Ouro da SIC

Stand-up-comedy

A SIC resolveu tirar do baú essa coisa chamada Globos de Ouro. Pretende-se que aquilo seja uma gala para toda a família, com momentos recheados de humor. Facto: Bárbara Guimarães foi a apresentadora. Esta deve ter sido uma das poucas vezes em que a mulher do humorista se fez substituir pelo próprio.

terça-feira, maio 30, 2006

QUIZZ SHOW | Está na cara quem é o artista

Festival Gâmboa

Rock in Gâmboa?! Afamado festival de música?! Altas individualidades do mundo artístico?! Ok, vamos lá ver: o tipo que aparece na foto é o... Sting? Não?! Então, deve ser o... Brian Adams? Também não??! Elton John? Michael Jackson? Tina Turner? Desisto!!!

FESTIVAIS DE VERÃO | Toca a cantar e a dançar

Cartaz do Festival da Gamba 2006

ISTO É GENTE ESTRANHA | Parada de homens... felizes

Na primeira fila

Repórter que é repórter não se furta a qualquer tipo de trabalho (por mais estranho que ele possa parecer). Mesmo depois da extenuante cobertura do «Festival da Gamba 2006», eles (os dois moços na foto, à vossa esquerda) não se fizeram rogados e seguiram para Los Angeles. Era vê-los alegres, logo na primeira fila, numa parada... muito sexy.

BANDEIRA HUMANA | Adere a esta causa

Por Portugal

És mulher? Aprecias bons momentos desportivos? Achas-te suficientemente patriota? No próximo fim-de-semana, marca já presença na minha casa. Vem, traz uma amiga e contribui para a estatística daquela que irá ser a maior bandeira humana feminina. Espero por ti.

NOTA: não é necessário trazer qualquer roupa especial. Aliás, até és bem capaz de trazer roupa a mais. Mas depois tratamos disso cá em casa...

domingo, maio 28, 2006

IMITAÇÕES | Estilos fotocopiáveis

No campo de trigo

Gostava de te ter. Aqui, ao pé de mim. Não. Engano-me. Afinal, era capaz de não gostar nada de ter ao pé de mim. Querias antes que fosses tu a estar. Aqui, ao pé de mim. Consegues entender-me? Eu sou assim. E, daí, talvez não. Desculpa qualquer coisinha. Ou não desculpes nada. Tu é que sabes. O que eu gostava era que tudo na vida fosse tão belo como aquele campo de trigo. Lembras-te? Rebolámos vezes sem conta até o proprietário dar connosco. Assim, enrolados. Lembras-te, meu amor? Eu a correr, ainda com as calças na mão. Tu, corada de vergonha, a puxar as saias quando o agricultor nos perseguia com a enxada na mão. Não se cansou enquanto não nos apanhou. Acabámos em casa dele. Num belo repasto repleto de frango à passarinho. E com muito vinho. Foi bom, não foi?

VINHOS | Bela bisnaga

[ Enólogo: McMoita ]

sábado, maio 27, 2006

DAN BROWN | Livro revela segredos do quadro de Paula Rego

«O Código Scavengers»

Los Angeles (da nossa correspondente que, por mero acaso, é a empregada de limpeza de Dan Brown) - Depois do êxito com «O Código Da Vinci», Dan Brown prepara-se agora para editar mais um sucesso: «O Código Scavengers». O novo livro tenta decifrar as mensagens subliminares que aparecem no quadro «Scavengers», da pintora Paula Rego. Eis algumas pistas desvendadas por Dan Brown que a Doca apresenta em rigoroso exclusivo:

1 - Corte de cabelo moderno, penteado bem aprumadinho e ausência total de cabelos brancos. Conclusão: esta tipa que se faz passar por mulher do campo é uma figurante. Mais: só pode ter sido penteada pela Lúcia Piloto.

2 - Peito de homem. Sem vestígios de pêlos. Está visto: esta pessoa é o José Castelo-Branco.

3 - Tecido fino. Corte em nada semelhante à alta costura portuguesa. Concluíndo: o Castelo-Branco veste Zara.

4 - Cereais em avançado estado de secura, revelando um desprezo total por parte do proprietário do campo. Em resumo: o agricultor lançou as sementes à terra apenas com o intuito de sacar uns dinheiros da União Europeia. Não se sabe ao certo se terá comprado um jeep.

sexta-feira, maio 26, 2006

FACTOS | A relação entre o dinheiro e a felicidade

A prova

Se o dinheiro pode até comprar a felicidade... porque é que o José Mourinho nunca se ri?!

MÚSICA | O Eurofestival da Canção

Os nossos Lordi

Os tipos que aparecem aqui na foto ao lado foram os vencedores do Eurofestival da Canção deste ano. Além de terem mau aspecto, pronunciam uns grunhidos (cujo dialecto é impossível de reconhecer). Já há quem diga que Portugal, para o ano, vai apresentar uma banda bastante similar (fisica e sonoramente) aos Lordi. Eis, finalmente, o regresso do Trio Odemira...

nha lisboa

Lido no DN

Na frente ribeirinha de Lisboa, os esgotos estarão a correr para o Tejo sem qualquer tipo de tratamento. O saneamento básico não terá chegado ainda à zona entre o Terreiro do Paço e o Padrão dos Descobrimentos, em Belém. Significa isto que, desde o início dos anos 90, bares, restaurantes e discotecas construídos sob a jurisdição da Administração do Porto de Lisboa (APL) estarão a fazer descargas directas para o rio.

A denúncia partiu da Quercus, que considera o impacto ambiental "extremamente grave". "As saídas de esgotos são tantas que formam focos de poluição concentrados em vários pontos da margem ribeirinha", diz Carlos Moura, dirigente do núcleo de Lisboa da associação ambientalista, esclarecendo, contudo, ser impossível determinar a quantidade de resíduos que afluem ao Tejo.

O problema assume maior incidência nas Docas de Santo Amaro, em Alcântara, onde estão 20 estabelecimentos de restauração. "Os bares e restaurantes instalados em antigos armazéns nunca sofreram obras para o tratamento de águas residuais", critica o responsável.

Manuel Frasquilho, presidente da APL, por seu turno, garante que todos os estabelecimentos cumprem as normas de saneamento e que o "tratamento de águas residuais está integrado nas estruturas da cidade".

O certo é que ninguém controla a rede de esgotos na área da APL. Contactada pelo DN, a Simtejo - Saneamento Integrado dos Municípios do Tejo e Trancão - explicou que a rede de saneamento está sobre a jurisdição da APL. Por outro lado, a câmara municipal diz desconhecer tudo o que se passa dentro do porto de Lisboa. "O controlo e fiscalização do saneamento é da exclusiva responsabilidade da APL", assegurou fonte do pelouro do Ambiente da autarquia.

O ambientalista da Quercus está convencido de que a Administração do Porto de Lisboa não cumpre com as normas de saneamento: "A zona entre Belém e Praça do Comércio não diz respeito aos efluentes dos cem mil lisboetas sem tratamento de esgotos, mas aos estabelecimentos instalados na frente ribeirinha."

E as saídas de esgotos são tantas, assegura, que formam focos de poluição concentrados em vários pontos do Tejo: "Além de ser impensável ter uma cidade como Lisboa a drenar esgotos para o rio, esta situação é ainda mais absurda porque ocorre numa zona nobre e turística da capital", censura o ambientalista.

O perigo é incalculável, mas torna-se ainda mais alarmante por não existir "qualquer estimativa" sobre quantas captações há na margem ribeirinha ocidental do Tejo.

Para ter uma ideia do número de saídas de esgotos construídos à beira-rio, o DN percorreu a zona ribeirinha entre Belém e Terreiro do Paço, tendo contabilizado 12 infra- -estruturas para escoar efluentes e 44 estabelecimentos de restauração, que se encontram sob a alçada da APL. A contagem, porém, nunca poderá ser rigorosa, uma vez que boa parte daquela área está interdita aos transeuntes. É o caso dos terminais de contentores ou de outras áreas onde funcionam os serviços da Administração do Porto de Lisboa.

Este é, no entanto, um exercício que todos conseguem fazer sem dificuldade. Basta circular junto à margem do Tejo e estar atento à cor do rio. Só em Belém irá encontrar cinco canais por onde os esgotos são despejados. Outros cinco estão localizados em Alcântara, enquanto as zonas de Santos e do Terreiro do Paço têm um cada.

Ao longo de seis quilómetros há saídas de esgotos de todos os tamanhos. É fácil localizá-las, pois, regra geral, estão próximas de cardumes de tainhas atraídos pela água barrenta que escorre para o rio. Próximo do Padrão dos Descobrimentos, por exemplo, é possível encontrar uma saída de esgoto que, a todo o minuto, despeja resíduos não tratados.

Poucos metros mais adiante, há outro paraíso para tainhas e ratazanas: junto ao Restaurante Café In, uma canalização vaza em abundância, formando uma minipiscina de espuma no rio. Casos semelhantes vão--se repetindo ao longo de toda a margem até se chegar ao Terreiro do Paço.


NO GALINHEIRO | Trabalhos redobrados

Quantos ovos valem uma chantagem?!

CLASSIFICADOS | Negócios de ocasião

Oportunidade única!

A gerência da Doca anuncia que tem para venda um conjunto de 50 selos. Comprados há uns anitos, ali para os lados de Espanha. Rentabilidade garantida. Pelo menos para nós. Se os conseguirmos despachar...

quinta-feira, maio 25, 2006

ESCALDANTE | A sequela do «Nove Semanas e Meia»

Atracção animalesca

LOS ANGELES
(do nosso enviado especial) - Está encontrado o elenco de actores que vão protagonizar o filme «Nove Semanas e Meia - Parte II». Fué Cid fará o papel da loira escaldante. Em resumo: é uma grande maluca que gosta de gastar o dinheiro dos amantes. Já Mozzila (ao lado de Fué Cid, na foto) encarnará a personagem de macho latino, predestinado a passar as passas do Algarve devido à sua louca obsessão por Fué Cid.
A Miramax, responsável pela produção do filme, já fez saber que houve desmaios durante a rodagem das cenas tórridas entre Fué Cid e Mozzila. Uma delas decorre na banheira de hidromassagem e envolve uma garrafa de champanhe.

quarta-feira, maio 24, 2006

VERÃO | Novo elenco de Baywatch

Mitch Marquês

O canídeo que tem posto as cadelas caboverdianas com o focinho a andar à roda é a mais recente aquisição da série norte-americana Baywatch. Numa breve conferência de imprensa, decorrida em Miami, Marquês latiu: "vou comê-la toda". O cão referia-se à Pamela Anderson. Ou melhor: à lata de Pedigree Pal que a tipa trazia no peito. Nas mãos, aliás.

terça-feira, maio 23, 2006

INVESTIGAÇÃO | Este bicho nunca nos enganou

Um só animal

Investigadores recrutados pela Doca asseguram que o célebre Marquês não é mais do que o sapo Cocas. Ou melhor: o sapo Cocas é o Marquês. Aliás, o... mas o Cocas é o Marquês?!... Ou é o Marquês que é o Cocas??! Pedimos desculpa pela confusão mental. Voltamos dentro de momentos.

SNOBISMO | Exemplares em alta

segunda-feira, maio 22, 2006

SÉRIES TV | Novos episódios de uma série de culto

LOST

VALORES | A amizade

MODA | Protagonistas da nova tendência

Zapatero by ZARA

domingo, maio 21, 2006

POIS, POIS... | Contra factos, não há argumentos

Diz o tipo do NhaTerra: "tão humilde, trabalhadora e serena equipa de portugueses que apenas querem viver e ganhar o seu pão inocentemente".
E dizemos nós: nota-se!!!*

*ao menos que tivessem a lata de disfarçar a vossa permanente "ocupação"...

AMIGOS | A amizade é uma coisa linda

VÍTIMA | O cão abusado

quinta-feira, maio 18, 2006

COBAIA | O cão geneticamente modificado

Se dúvidas houvessem, aqui fica a prova de que o Marquês (o cão-cobaia utilizado para experiências científicas pelos membros do NhaTerra2005) está a atravessar um mau momento. Os efeitos secundários dos medicamentos que andam a testar no canídeo estão à vista. Ou melhor: alguns não estão à vista, uma vez que o pobre cão já nem sequer tem corpo.

quarta-feira, maio 17, 2006

REPÔR A VERDADE DOS FACTOS

Comunicado da Direcção da Doca

No seguimento de um post inserido no blog NhaTerra2005, vimos, por este meio, denunciar aquilo que consideramos ser uma falsidade provocadora e que atenta contra os princípios de quem, como nós, se rege pelos princípios da liberdade, dignidade e verdade.
No blog supra-citado, uma certa e determinada pessoa faz questão de sublinhar que a Doca falseou os factos, ao afirmar que o canídeo Marquês estava vicíado na bebida e nos medicamentos. É verdade. Como, aliás, atesta a fotografia acima (cuja autoria é da responsabilidade dos próprios membros do NhaTerra2005.
O animal está acorrentado porque está sob o efeito de medicamentos. Mais: o Marquês está a ser utilizado (à revelia da sua própria vontade) para testar produtos farmacêuticos. Achamos indigno fazer do humilde cão uma cobaia de segunda categoria. Ao menos que o drogassem com droga a sério.

EXCLUSIVO | Profissionais q.b.

Elas fazem os coros de Manson

Um paparazzi do 'The Sun' esteve recentemente em Cabo Verde, onde assistiu (às escondidas) a um ensaio de Marilyn Manson e do seu coro oficial (duas garinas que, nos tempos livres, se dedicam aos espectáculos de karaoke). O 'Sun' garante que as tipas são portuguesas, cantam em playback e são podres de boas.

TRAGÉDIA | O fim anunciado de um cão

Marquês é viciado

A brutalidade com que tem sido tratado desencadeou uma depressão pós-canina no Marquês, o célebre cão que acompanha os residentes de Nha Terra. O Marquês decidiu assim enveredar por caminhos dúbios, afogado-se na bebida e nos comprimidos. Ainda ontem à noite o animal teve de ser assistido na Clínica Veterinária de Santiago, onde lhe foi feita uma lavagem ao estômago. O profissional que estava de serviço aconselhou ainda repouso absoluto e receitou pastilhas para a azia (medicamento genérico).

CINEMA | O regresso de um grande clássico

Jovem português substitui Johnny Depp

O actor McMoita passou na fase final do casting que reuniu mais de 12 mil aspirantes ao papel interpretado por Johnny Depp no filme «A Lenda do Cavaleiro Sem Cabeça». A rodagem da sequela vai ser feita entre a Costa da Caparica e a Fonte da Telha, já no próximo Verão. A escolha de Portugal para a segunda versão do filme deve-se à originalidade do enredo (que inclui cenas de pesca à sardinha, uma perseguição de carros 'kitados' na ponte Vasco da Gama e várias passagens pelo SPA de S. Bento, conhecido por alguns como a Assembleia da República).

terça-feira, maio 16, 2006

MODA | A colecção mais desejada do ano

Chuva de estrelas

A 'NhaTerra Collection' acaba de lançar o seu mais recente catálogo de Verão. A conhecida marca da alta costura conseguiu a proeza de reunir um dos casais mais badalados do momento: Joanne e Brad Pitt. As páginas mais procuradas do catálogo são as que se referem aos slips e aos soutiens (inquérito auditado pela Price Waterhouse Coopers).

VOAR | nhaterra2005.blogspot.com

Vandalismo!

Depois do tratamento a que foi sujeito por parte de Vald'spés, o canídeo Marquês de Santiago decidiu protestar junto da Liga Protectora dos Animais. O requerimento deu entrada ontem e hoje mesmo a Liga decidiu anunciar publicamente a sua posição em conferência de imprensa. A dita conferência terá lugar na sede da Pedigree Pal.

segunda-feira, maio 15, 2006

LEITURAS | Na minha mesinha de cabeceira

O Mercador da Galáxia

No ano de 2117 a vida estende-se bem para além do planeta Terra. A passagem pelos mais diversos planetas faz parte do quotidiano. É neste cenário intergaláctico que conhecemos Olof Astor e o seu indesejado passageiro, o senhor Smith.
É Olof quem nos vai pilotar por esta misteriosa aventura, entre naves espaciais e seres extraterrestres que nos revelam a sua sabedoria e nos transmitem sensações desconhecidas. É também com eles que vamos enfrentar a ameaça de piratas e tantos outros perigos que espreitam na galáxia. Mas nem tudo é novo. E existe algo que nunca muda (nem no futuro longínquo): os sentimentos.

O Mercador da Galáxia
De Pedro Costa Freire
Edição Bizâncio
2006
€ 9.50

PERFIL | Os actos e o cargo

'Propagandear'


Manuel Pinho tem uma carreira inteiramente feita no sector financeiro. Estudou os factores de crescimento económico em Nova Iorque (impulso decisivo para o nascimento do «choque tecnológico»). Amante e coleccionador de fotografia contemporânea, é tido como «cerebral» e com «uma boa cabeça». É assim o nosso Ministro da Propagand... perdão! Ministro da Economia e Inovação.

domingo, maio 14, 2006

FEITIOS | Ele quer dar-nos música

Um sarilho chamado Carrilho

Manuel Carrilho quer convencer o mundo de que a sua derrota foi arquitectada. E que o plano foi concebido sobretudo por uma cambada de gente maquiavélica (uma série de pessoas que escrevem e falam nos órgãos de informação). É curioso reparar nas toneladas de riso que o caricato da situação tem provocado precisamente nessa gente maquiavélica. Só o filósofo parece não constatar o quão rídiculo se tornou.

FESTA | Artistas p'ró palco, se faz favor!

sábado, maio 13, 2006

REAL TV | A tragédia, o drama, o horror...

sexta-feira, maio 12, 2006

PÉROLAS | Vasculhando a blogosfera

O casado

Diz-me a minha filha:
- Pai, quando 'tiveres na "enternet" arranja-me músicas dos D’zert!
O que pode um pobre pai fazer depois disto, senão ponderar seriamente na hipótese de apresentar uma queixa, contra a sua filha, por incentivo à pirataria informática, junto da Associação Fonográfica Portuguesa? Se não ponho já mão nisto, qualquer dia pede-me para eu lhe sacar filmes da Barbie... brrrrr...

Mais: vidadecasado.blogs.sapo.pt

VANDALISMO | Descubra as diferenças

Eles andam aí... o perigo espreita a cada esquina.

quinta-feira, maio 11, 2006

PALHAÇADA | Para ver na pista e na table dance

Versões do Batatoon & Companhia

O Circo Cardinali e o Champanhe Club têm o grato prazer de anunciar a sua mais recente contratação. Batatoon & Companhia (versão apalhaçada) está agora nas pistas do maior circo português, liderado por Vítor Hugo Cardinali. O número é indicado para todas as idades e promete provocar intensos risos do princípio ao fim.
O mesmo não se pode dizer da versão lesbiana do Batatoon & Companhia. O número é muito hardcore, é realizado na lama e tem imensa gritaria orgásmica. Para apreciar aos fins-de-semana, no Champanhe, a partir da meia-noite.

NOTA: possibilidade de deslocações ao domicílio.

quarta-feira, maio 10, 2006

QUIZZ SHOW | Perguntas à deriva

O que está esta gente a beber?

Hipótese 1 - Ice Tea
Hipótese 2
- Água

Hipótese 3
- Absinto

Hipótese 4
(e a mais provável) - Estilhaços microscópicos de Ice Tea, misturados com litros e litros de absinto puro, doseados com água (congelada e, portanto, servida em cubinhos pequenos que é para a bebida não perder o seu teor concentrado de alcóol)

maurício, abana o meu braço, que eu estou cansado


diz um lémur a outro :)

SELOS | Esquemas ibéricos

Cuspir nos selos

Não sei porquê, mas nunca me atraiu muito a ideia de comprar selos. Primeiro, porque não tenho dinheiro; depois, porque já não compensa escrever cartas. É secante ter de colocar as folhas nos envelopes, cuspir nos selos, ir ao marco do correio... Prefiro o e-mail. É mais prático e é garantidamente mais rápido.
Nem mesmo as palavras do Fórum Filatélico me convencem: "
os selos são bens tangíveis que, bem seleccionados, constituem valores filatélicos à escala mundial, com revalorização e liquidez". Pois... o resultado está à vista de todos.

INVESTIGAÇÃO | O filipino é maníaco

"Macaco gosta de banana e gosta de tiiiii!"
(José Cid)

Num acto de puro esquecimento, o filipino deixou-se fotografar para a revista 'Taras'. Resultado: o fotógrafo captou o corpo esbelto e bronzeado do artista (conhecido como o Tété Camarinha de Nha Terra) e, no momento em que estava a revelar as fotografias, reparou na tatuagem que consta nos costados do filipino. A tatoo do macaco só vem provar que talvez o filipino não se dedique apenas a traficar primatas... talvez haja algo bem mais intenso e profundo.

INVESTIGAÇÃO | Dossier CSI: doca

Quem é?
O que faz?
E há quanto tempo?!

COMUNICADO - A equipa de investigação do 'CSI: Doca' informa que a investigação relativa ao processo 'Maré Negra' está ainda em curso. Jornalistas, autoridades policiais, detectives e até delegados de informação médica estão envolvidos no apuramento da verdade que, recorde-se, tenta saber ao certo o que faz aquele senhor (na foto) junto às partes baixas de McMoita.

terça-feira, maio 09, 2006

ACTUALIDADE | Macacos me mordam...

"Fomos enganados por esse filipino de uma figa"

Agência TUSA - Fontes ligadas ao processo "Amendoim Dourado" asseguram que Filipino terá dado a fuga para uma ilha paradisíaca situada no Caribe. O motivo prende-se com o alegado roubo de 27 quilos de amendoins, levado à prática por Filipino (numa noite estonteante em que não se lembra como foi parar ao quarto de um africano bem dotado).

Toni Mendoim, Xupa Bananas e Zé Castelo Branco acusam Filipino de se ter apropriado do saco de amendoins "à revelia dos restantes elementos do bando, que somos nós". A TUSA sabe que os amendoins seriam para vender na internet, no e-Bay, numa tentativa de igualar a quantia conseguida pelo gajo que decidiu vender a medalha de José Mourinho.

REPORTAGEM | Orfãos de guerra

Guiné, guerra e homens

Uma história sobre o que aconteceu aos comandos africanos que combateram na Guiné durante a guerra colonial, integrados no Exército Português.
Todos os oficiais daquele corpo de comandos foram fuzilados depois da independência. As familias nunca beneficiaram de qualquer pensão de sangue.

Os que tinham patentes abaixo de oficial e escaparam, vivem hoje situações de pobreza e descriminação.

HOJE, 3ª feira, 21h15, RTP 1

No Wind, no wind at all

FW

Recebido por e-mail:

"Os Vampiros
A Caixa Geral de Depósitos (CGD) está a enviar aos seus clientes mais
modestos uma circular que deveria fazer corar de vergonha os
administradores - principescamente pagos - daquela instituição
bancária.
A carta da CGD começa,como mandam as boas regras de marketing, por
reafirmar o empenho do Banco em «oferecer aos seus clientes as
melhores condições de preço/qualidade em toda a gama de prestação de
serviços», incluindo no que respeita «a despesas de manutenção nas contas à
ordem».
As palavras de circunstância não chegam sequer a suscitar qualquer
tipo de ilusões, dado que após novo parágrafo sobre «racionalização e
eficiência da gestão de contas», o «estimado/a cliente» é confrontado
com a informação de que, para «continuar a usufruir da isenção da
comissão de despesas de manutenção», terá de ter em cada trimestre um
«saldo médio superior a EUR1000, ter crédito de vencimento ou ter
aplicações financeiras» associadas à respectiva conta.
Ora sucede que muitas contas da CGD, designadamente de pensionistas e
reformados, são abertas por imposição legal. É o caso de um reformado
por invalidez e quase septuagenário, que sobrevive com uma pensão de
EUR343,45 - que para ter direito ao piedoso subsídio de EUR3,57 (três
euros e cinquenta e sete cêntimos!) foi forçado a abrir conta na CGD
por determinação expressa da Segurança Social.
Como se compreende, casos como este - e muitos são os portugueses que
vivem abaixo ou no limiar da pobreza - não podem, de todo, preencher
os
requisitos impostos pela CGD e tão pouco dar-se ao luxo de pagar
«despesas de manutenção» de uma conta que foram constrangidos a abrir
para acolher a sua miséria.
O mais escandaloso é que seja justamente uma instituição bancária que
ano após ano apresenta lucros fabulosos e que aposenta os seus
administradores, mesmo quando efémeros, com «obscenas» pensões (para
citar Bagão Félix), a vir exigir a quem mal consegue sobreviver que
contribua para engordar os seus lautos proventos. É sem dúvida uma
sordície vergonhosa,como lhe chama o nosso leitor, mas as palavras
sabem a pouco quando se trata de denunciar tamanha indignidade.
Esta é a face brutal do capitalismo selvagem que nos servem sob a
capa da democracia, em que até a esmola paga taxa.
Sem respeito pela dignidade humana e sem qualquer resquício de
decência, com o único objectivo de acumular mais e mais lucros, eis os
administradores de sucesso a quem se aplicam como uma luva as
palavras sempre actuais dos «Vampiros» de Zeca Afonso: «Eles comem tudo/eles
comem tudo/eles comem tudo e não deixam nada.»"

EXCLUSIVO | Toda a verdade

domingo, maio 07, 2006

ELOGIOS | Outros vizinhos da blogosfera

Alfinete de Peito

O Alfinete fez o favor de passar por cá e deixar uma palavrinha de apreço. Caimos em tentação e resolvemos também ir bater à porta do Alfinete de Peito. Entrámos, apreciámos as vistas e ficámos convencidos. Por vezes, a beleza está na simplicidade. E se for servida com uma pitada de humor, ainda melhor.

LUXOS | O 'rolls royce' dos barcos de cruzeiros

Freedom of the Seas

A companhia Royal Cabribean vai contar com um novo navio na sua frota: o Freedom of the Seas. A partir deste mês, o Freedom já anda por aí pelos mares do mundo. Pesa 158 mil toneladas, tem capacidade para 3.600 passageiros em camas duplas, casino, salas de cinema e espectáculos, centros comerciais, campo de golfe e até uma área para surf (ondas artificiais).
Preço: 1.900 euros (uma semana). Inclui viagem de Lisboa para Miami em avião e sete noites nos mar das Caraíbas a bordo do Freedom of the Seas. Quem não vai sei eu quem é.

SABEDORIA | Frases geniais

O dom do conde

Para provar que ama realmente a mulher (pondo assim de parte qualquer outro interesse que não o do amor verdadeiro), José Castelo Branco afirmou que era capaz de dar tudo pela sua Betty. Inclusive o seu cérebro. Isto é: se o tivesse...